All posts in Comunicação

Sonhos superam obstáculos – A história do Grupo TudoDVet

SOCIOS TUDODVET
  O Início Quando acabei o segundo grau eu já sabia o que queria, queria fazer Farmácia, mas confesso que ainda tinha minhas dúvidas sobre a atuação do Farmacêutico.  Meus pais foram bem claros e diretos comigo e falaram que se eu fosse para uma Faculdade particular eu mesma deveria pagar meus estudos. Então coloquei na cabeça que tinha que passar para uma Universidade pública.  Tentei vestibular 2 vezes, na primeira vez passei para Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), só que eu queria ir para Universidade Federal Fluminense (UFF) porque lá a formação era industrial. Então tentei vestibular…

A visão 360 do 10º Congresso Consulfarma

3
458691882686
Durante o pré congresso e os 03 (três) dias do congresso Consulfarma eu (Fabio de Matos) e a Gelza Araújo da Pharma 360 visitamos a feira com interesses diferentes. Esse é o nosso trabalho… Pensando nisso montamos um retrato do que vimos de interessante nesses dias e dividimos o material em 02 (dois) focos distintos, cada um com a sua expertise, descrevendo suas impressões e as novidades: Marketing & Vendas e Inovações técnicas! Marketing e Vendas Durante minha aula no Pré Congresso, falei dos cuidados com os detalhes e a preocupação com cada um deles e como podemos agregar mais…

5 motivos para sua farmácia ter um aplicativo

Aplicativos no Brasil
Veja 5 motivos para sua farmácia ter um aplicativo:   1 – Visibilidade; Toda empresa que está no mercado busca a visibilidade como meio de sobrevivência, afinal “quem não é visto não é lembrado”, e estar no smartphone de seus clientes na forma de um aplicativo (com logotipo e nome) é uma garantia da marca de seu cliente sempre na mente (e na  tela) do consumidor.   2 – Credibilidade; Quando o cliente vê que sua farmácia possui um aplicativo profissional, imediatamente ele entende como uma empresa séria, que está antenada com as novidades do mercado e deve ser preocupada…

Feliz 2014

1435613_23149272
Sentiram saudades? Faz algum tempo desde a minha última atualização. O bacana é que quando a conversa começa e as pessoas acompanham, elas te cobram. Recebi até “puxão” de orelhas pela demora em voltar a escrever por aqui. A idéia de escrever apenas após o carnaval, na primeira segunda-feira “útil” do ano, aconteceu ainda em 2013 quando conversava com um cliente sobre as expectativas de como seria o ano de 2014 e o que nos reserva. O ano já começou e faz tempo… Muita coisa já aconteceu. Ou na sua farmácia não aconteceu nada? Não teve problema? Visita da vigilância?…

Propaganda no setor magistral é viável?

Propaganda Magistral
Hoje em dia, muito se comenta sobre marketing, comunicação e propaganda. Sua fundamental importância em qualquer empresa ou segmento, mas o setor magistral sabe fazer como se deve? Toda visita a novos clientes que são abordados sobre o tema marketing me falam que esse tipo de trabalho é caro, que propaganda não traz o resultado esperado, que a propaganda médica não atende as necessidades, enfim… Só problemas. Mas a pergunta que não se cala… A culpa é do mar ou do marinheiro? Falam que o fundamental é qualidade, e complementam… “Qualidade não é diferencial e sim obrigação!” Sempre que me…

Sem imposto, tem remédio. Faça sua parte…

1
Em apoio à redução dos impostos sobre os remédios, existe hoje um site buscando coletar dez milhões assinaturas em todo o Brasil, por meio de um abaixo-assinado que será levado às autoridades do governo e ao Congresso Nacional. A coleta de assinaturas será feita em seis mil farmácias de todo o País ou pelo site da Avaaz buscando a diminuição da carga tributária no país. A carga tributária sobre os remédios comercializados no país é de quase 34%. Em países como Portugal, Suíça e Holanda, os medicamentos são tributados em, no máximo, 10%. No Reino Unido e Canadá, as pessoas simplesmente…

Homenagem: A Verdadeira capa do super-herói!

superman_quadra
No  meu espaço  de trabalho, peguei-me refletindo sobre minha profissão. Sonhava em ser médico, mas desisti logo, porque não posso ver sangue, que logo desmaio. Pois bem, resolvi ser arquiteto, mas, com o decorrer do tempo, acho que meu sonho não foi muito bem projetado, desisti! Mas, aos 45 do segundo tempo, antes de fazer a matrícula na faculdade, conheci, através do meu pai, um Diretor de Marketing da Coca-Cola e fiquei encantado pelo  trabalho  que ele realizava. Então pensei que o problema estava resolvido,  eu seria publicitário! Com essa tal de Publicidade, aprendi que, muitas áreas são abrangidas por…