Vender mais é trocar experi6enciaFiquei muito feliz com a repercussão do texto do meu amigo e cliente Marcelo Castro sobre preços, mercado e concorrência. Adorei o material e se você quiser publicar algum material, texto ou informação relevante, fique a vontade.

Uma das coisas que me chamou a atenção foi comentar sobre pensar sozinho:

…Meus caros, somos inimigos de nós mesmos, porque temos a mania de pensarmos sozinho, na solidão do poder das decisões.  Na auto-sabotagem que fazemos conosco, apagando incêndios diários e não planejando com a desculpa (e muitas vezes com razão) da falta de tempo.

Será que é preciso pensar sozinho? Com tantas ferramentas para nos conectarmos, trocar idéias e informações, será que precisamos ficar ilhados na tomada de decisões? Existem grupos de discussão nas redes sociais, como o Empreendedores e o Pharmaceutical no Facebook; No LinkedIn existem algumas opções, sem contar o contato direto com pessoas que entendem melhor do assunto, ou trocar uma informação.

Já vi pessoas perguntando sobre qual a melhor opção de software, qual fornecedor comprar, que pós estudar, entre outros… É isso que precisamos fazer; Trocar experiências, dividir dificuldades, comentar necessidades, enfim… Conversar.

As pessoas adoram trocar experiência e informações, conhecer a real necessidade e, se possível, ajudar… Mas algumas pessoas ainda ficam inseguras; Será que é legal falar sobre isso? Quanto vai custar para perguntar sobre tal assunto.

Sabe quanto eu cobro para conversar com alguém? Seja no SKYPE, Twitter, e-mail, Facebook ou telefone? NADA! Grátis, free, 0800. Simples assim… E sabe por quê? Porque é importante trocar idéias e informações, apresentar soluções e novos produtos, sugerir ferramentas que possam ajudar o setor a crescer. E se o setor cresce todo mundo ganha!

Existe um dito popular que diz que você não precisa saber fazer de tudo, mas ter o telefone de quem sabe. Pois então. Vá atrás dessas informações. Converse com outras farmácias, prestadores de serviços, consultorias, fornecedores, órgãos de classe, etc… Mas CONVERSE!

“Nunca confunda movimento com ação.” (Ernest Hemingway)

Fabio de Matos; publicitário, professor e consultor farmacêutico.